Crie um site como este com o WordPress.com
Comece agora

Palio Weekend 2005: preço, versões, detalhes, motor

A Palio Weekend 2005, assim como o Fiat Siena da mesma época, passou a ser flex, tendo assim motores bicombustíveis que ampliaram as opções de combustíveis para os produtos da marca italiana.

A perua compacta da Fiat, irmã da picape Fiat Strada, assim como do Fiat Palio, se destacava por seu espaço no bagageiro, que continha 460 litros até a altura das janelas, com acesso bem amplo.

Enquanto o Fiat Palio acrescentava o Fire 1.0 8V Flex, a Palio Weekend igualmente adicionava os motores Fire 1.3 8V Flex, assim como o GM Família I 1.8 8V Flexpower.

Fabricada em Betim-MG, a Palio Weekend ainda usava o nome do hatch e tinha uma plataforma diferente dos irmãos, sendo mais longa no entre eixos que Palio e Siena, além de ter uma suspensão diferente atrás.

Station Wagon de sempre de muitos brasileiros, a Palio Weekend 2005 apareceu com a atualização executava no modelo 2004, tendo basicamente dois estilos externos conforme a versão.

Palio Weekend 2005 – novidades

A novidade principal para a Palio Weekend 2005 era mesmo o motor flex, que adequava o produto à preferência do mercado com o uso de álcool ou gasolina.

Com duas opções de propulsor, a Palio Weekend tinha ainda o antigo motor Fire 1.3 8V, que equipou a Fiat Fiorino da primeira geração até seu fim em 2013.

O motor Fire 1..3 8V era um derivado da versão 1.25 16V anterior, que foi descontinuada pela Fiat no Brasil, tendo este novo 70 cavalos com gasolina e 71 cavalos com etanol.

Ambos eram obtidos a 5.500 rpm e os torques de 11,4 kgfm no primeiro e 11,6 kgfm no segundos, ambos a apenas 2.250 rpm.

Estes eram uns dos torques atingidos em menor rotação do mercado, sendo que na época apenas o motor 2.0 8V EA827 da VW conseguia o mesmo.

Assim, com boa força em baixa rotação, o 1.3 8V garantia um desempenho razoável para a proposta da perua, que chegou a ter motor 1.0 com câmbio de 6 marchas, anos antes…

Contudo, no motor 1.3 8V tinha câmbio de cinco marchas e oferecido na versão ELX, enquanto as versões HLX e Adventure eram equipadas com motor GM Família I 1.8 8V.

O motor era parte de um acordo entre GM e Fiat, com a primeira fornecendo o propulsor para a segunda, que não conseguiu fazer com que seu motor Fire equipasse o Chevrolet Celta.

Tendo 106 cavalos na gasolina e 110 cavalos no etanol, a 5.500 rpm, o GM Família I entregava ainda 17,5 kgfm no derivado de petróleo e 18,4 kgfm no combustível vegetal, ambos a 3.000 rpm.

Disponível nas três versões citadas, a Palio Weekend 2005 tinha basicamente ar condicionado, direção hidráulica, vidros e travas elétricas, retrovisores elétricos, computador de bordo, sistema de áudio com CD player, rodas de liga leve, entre outros.

A Palio Weekend Adventure já havia se firmado no mercado como a perua “crossover” com suspensão elevada, pneus de uso misto e protetores nos para-choques, faróis de milha, faróis de neblina, rack no teto, estribos, bancos personalizados e instrumentação auxiliar, faziam parte do pacote.

Palio Weekend 2005 – detalhes

A Palio Weekend 2005 tinha faróis duplos com lente do facho baixo arredondada, tendo a grade retangular com elementos estilizados, assim como para-choque envolvente com três entradas de ar e faróis de neblina.

Com barras longitudinais no teto, a Palio Weekend tinha ainda entre eixos maior, com 2,437 m de entre eixos, chegando a 2,465 m na versão Adventure.

Tendo 4,215 m de comprimento (4,257 m na Adventure), além de 1,634 m de largura (1,664 m na Adventure) e 1,523 m de altura (1,595 m na Adventure).

Nas laterais, rodas de aço ou liga leve com aro 14 polegadas com pneus 175/80 R14.

Na traseira, as lanternas traseiras duplas eram cortadas pela tampa do bagageiro, tendo vigia traseira com limpador e lavador, além de desembaçador.

A Weekend tinha painel volumoso com volante apto para dispor de airbag do motorista, assim como também havia espaço para airbag do passageiro.

O cluster analógico com mostradores grandes e bem visíveis, enquanto o sistema de som, ao centro, tinha CD player.

O ar condicionado era manual e tinha comandos circulares, com alavanca estilizada, assim como o freio de estacionamento manual, tendo ainda bancos em tecido ou couro, banco do motorista com ajuste de altura, banco traseiro bipartido e bagageiro com cobertura, este de 460 litros.

Palio Weekend 2005 – versões

  • Fiat Palio Weekend ELX 1.3 8V
  • Fiat Palio Weekend HLX 1.8 8V
  • Fiat Palio Weekend Adventure 1.8 8V

Palio Weekend 2005 – equipamentos

Fiat Palio Weekend ELX 1.3 8V – Motor 1.3 e câmbio manual de cinco marchas, mais para-choques na cor do carro, retrovisores pretos, maçanetas pretas, barras longitudinais no teto na mesma cor, faróis de neblina, rodas de aço ou liga leve aro 14 polegadas e antena no teto.

Vidros verdes, para-brisa degradê, limpador e lavador do vidro traseiro, desembaçador, vidros dianteiros elétricos, travas elétricas, retrovisores externos com controle interno, rádio com CD player, direção hidráulica, ar condicionado, banco traseiro inteiriço, entre outros.

Fiat Palio Weekend HLX 1.8 8V – Itens acima, mais motor 1.8, grade cromada, retrovisores e maçanetas na cor do carro, rodas exclusivas, retrovisores externos com controle elétrico, vidros traseiros elétricos, banco traseiro bipartido, bancos em padronagem exclusiva, entre outros.

Fiat Palio Weekend Adventure 1.8 8V – Itens acima, mais suspensão elevada, pneus de uso misto, para-choques pretos e protegidos, protetores laterais, faróis de milha, rodas exclusivas, barras longitudinais duplas, cluster com iluminação personalizada, bancos personalizados, entre outros.

Opcionais: airbag duplo e freios com ABS.

Palio Weekend 2005 – preços

  • Fiat Palio Weekend ELX 1.3 8V – R$ 20.528
  • Fiat Palio Weekend HLX 1.8 8V – R$ 21.460
  • Fiat Palio Weekend Adventure 1.8 8V – R$ 22.393

(*) tabela Fipe – agosto/2022.

Palio Weekend 2005 – motor

A Fiat Palio Weekend 2005 tinha motores Fire 1.3 8V com bloco de ferro fundido e cabeçote de alumínio de 2 válvulas por cilindro e injeção multiponto flex com tanquinho de partida.

Com 1.242 cm³, o 1.3 8V entregava 70 cavalos na gasolina e 71 cavalos no etanol, ambos a 5.500 rpm, além de 11,4 kgfm no primeiro e 11,6 kgfm no segundo, ambos a 2.250 rpm.

Já o GM Família I tinha bloco de ferro fundido e cabeçote de alumínio de 2 válvulas por cilindro, com injeção flex, tendo 106 cavalos na gasolina e 110 cavalos no etanol, ambos a 5.500 rpm.

Tendo torque de 17,5 kgfm no derivado de petróleo, o GM Família I tinha 18,4 kgfm no combustível vegetal, conseguidos a 3.000 rpm.

O câmbio era manual de cinco marchas nos dois motores.

Palio Weekend 2005 – desempenho

  • Fiat Palio Weekend 1.3 8V – 15,8 segundos e 159 km/h
  • Fiat Palio Weekend 1.8 8V – 10,0 segundos e 189 km/h
  • Fiat Palio Weekend Adventure 1.8 8V – 10,8 segundos e 178 km/h

Palio Weekend 2005 – consumo

  • Fiat Palio Weekend 1.3 8V – 7,0/10,3 km/l e 9,2/13,4 km/l
  • Fiat Palio Weekend 1.8 8V – 6,6/9,4 km/l e 8,4/12,3 km/l
  • Fiat Palio Weekend Adventure 1.8 8V – 6,2/8,0 km/l e 8,5/11,0 km/l

Palio Weekend 2005 – fotos

Via Notícias Automotivas https://ift.tt/pHtlL5O

source https://antoniocunhalima.blogspot.com/2022/08/palio-weekend-2005-preco-versoes.html

Publicidade

Publicado por Antônio Cunha Lima

Olá, meu nome é Antônio Cunha Lima, tenho 47 anos e sou de Contagem, Minas Gerais. Sempre procuro aprender coisas novas para manter meu cargo protegido e dirigir tranquilo com minha família.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: