Crie um site como este com o WordPress.com
Comece agora

Limite de Velocidade nas Rodovias

A velocidade máxima permitida nas vias varia conforme determinadas características. Se a via é mais ou menos movimentada, o limite de velocidade pode mudar conforme este e outros fatores.

São eles:

Movimentação de pedestres na via, se é via principal, se há a presença de curvas acentuadas, qualidade do asfalto, se é pista simples ou dupla, etc.

As condições climáticas também podem influenciar, como por exemplo, neblina, chuva, objetos derramados na pista, proximidade com escolas e outros.

Os limites de velocidade das vias têm o objetivo de favorecer a reação dos condutores, ajudando-os a evitar situações de risco.

E como dito acima, é considerável o número de elementos que podem aumentar o risco em uma rodovia, e o limite de velocidade, quando obedecido, reduz sensivelmente o índice de acidentes.

Mas como saber então o limite de velocidade em vias e rodovias? Normalmente há a presença de placas indicativas de velocidade máxima. Mas nem sempre!

Desta maneira, como saber por quanto tempo um motorista deve dirigir em determinada velocidade conforme a última placa indicativa vista? Simples. Até que se veja uma nova placa estipulando um novo limite de velocidade.

Se você está dirigindo em uma via a 80km/h e viu uma nova placa com indicação de 100km/h, você está dentro do limite permitido naquele trecho.

Entretanto, ao continuar na mesma via sem avistar outra placa com um novo indicativo de velocidade, você pode se manter até 100km/h, seguindo esse exemplo.

Caso você esteja a 100km/h e tenha visto uma nova placa reduzindo o limite para 60km/h e se mantenha acima desse indicativo, cometerá uma infração de trânsito.

Placas de sinalização das vias

Existe uma padronização para o posicionamento entre uma placa e outra? Sim, conforme determina o Manual Brasileiro de Sinalização do Trânsito, há regras a serem respeitadas dependendo da velocidade estipulada nas vidas.

Quer saber mais?

Caso a velocidade seja inferior ou igual a 80km/h:

Em vias urbanas – a distância entre uma placa e outra deve ser de 1km;

Em vias rurais (estradas e rodovias): Até 10km entre uma placa e outra;

Caso a velocidade seja maior que 80km/h:

Em vias urbanas – a distância entre uma placa e outra deve ser de 2km;

Em vias rurais (estradas e rodovias): Até 15km entre uma placa e outra;

Quando não há sinalização na via, qual será a velocidade máxima?

Nas vias urbanas a velocidade máxima fica sendo de:

  •         80km/h em vias de trânsito rápido;
  •         60km/h em vias arteriais;
  •         40km/h em vias coletoras;
  •         30km/h em vias locais.

E nas vias rurais, você deve considerar:

1) Caso seja de pista dupla:

  •         110 km/h para automóveis, motocicletas e camionetas;
  •         90 km/h para outros tipos de veículos.

2) Caso seja pista simples:

  •         100 km/h para automóveis, motocicletas e camionetas;
  •         90 km/h para outros tipos de veículos.

3) Em estradas:

  •         60 km/h.

E se eu estiver em vias coletoras?

Nas vias coletoras, o limite de velocidade é de 40 km/h caso não haja placa indicativa sinalizando o contrário.

E nas vias locais, qual o limite de velocidade?

Em vias locais, o limite de velocidade é estipulado em até 30 km/h quando não há a presença de sinalização na via. Lembrando que as vias locais são vias de menor movimentação.

E em vias arteriais, qual o limite de velocidade?

Neste tipo de via, há uma movimentação maior em comparação as vias coletoras e locais, sendo assim, o limite de velocidade fica estipulado em 60 km/h caso não haja a presença de sinalização indicando o contrário.

Limite de velocidade em vias de trânsito rápido

Fica estipulado em 80 km/h o limite de velocidade nestas vias, constituindo a maior velocidade permitida entre as vias urbanas, uma vez que inexistem cruzamentos ou travessia de pedestres nestes tipos de vias.

Qual o limite de velocidade em rodovias?

Em pistas simples, onde existe apenas uma única pavimentação de asfalto e são de mão dupla, fica estipulado o limite de 100 km/h para automóveis, motos e camionetas e 90 km/h para os demais tipos de veículos.

Obviamente estes limites serão válidos se não houver sinalização impondo outra velocidade máxima.

Nas pistas duplas, onde há uma separação física entre pistas de sentidos contrários, os limites de velocidade ficam determinados em 110 km/h para automóveis, motos e camionetas e 90 km/h para outros tipos de veículos.

Qual o limite de velocidade máxima de estradas?

As estradas ficam sob o limite de 60 km/h salvo quando não há sinalização de indicação de outra velocidade.

Vias de trânsito: esclarecendo as diferenças

Este assunto foi abordado na autoescola, mas pode ser que muitos condutores tenham esquecido, por isso vamos relembrar agora.

Pista, calçadas, acostamento e afins compõem as vias de trânsito que é por onde transitam pedestres, veículos, animais e ciclistas.

As vias de trânsito podem ser do tipo urbana ou rural. A via urbana compreende a circulação pública, localizada em zonas urbanas.

Enquanto isso, as vias rurais, que também são de circulação pública, se situam em zonas urbanas.

Podemos dividir esses dois tipos em subgrupos. E vamos começar pelas divisões das zonas urbanas:

Vias coletoras – Realizam a conexão entre vias arteriais e de trânsito rápido, viabilizando o deslocamento dentro das cidades;

Vias locais – Não possuem semáforos e destinam-se ao acesso restrito, com a presença de possíveis cruzamentos de pista;

Vias arteriais – Destinam-se à circulação de pessoas e veículos para diferentes pontos da cidade, dispondo de cruzamentos, sinalização semafórica e acesso ás vias locais e coletoras;

Vias de trânsito rápido – Vias de trânsito de maior velocidade que as demais, sem a presença de cruzamento ou travessia de pedestre.

Divisões das zonas rurais

Rodovias – Via rural pavimentada, ou seja, uma via rural coberta de asfalto;

Estradas – Via rural sem pavimentação, as chamadas “estradas de terra”.

Multado por excesso de velocidade? Conheça as consequências

As vias são quase sempre dotadas de aparelhos de medição de velocidade conhecidos como radares.

E os radares podem ser fixos ou móveis e são responsáveis por penalizar os condutores que desrespeitam os limites de velocidades.

O valor da multa e os pontos lançados na CNH vão variar conforme a velocidade registrada pelo radar e o limite de velocidade da via.

Quer saber exatamente?

Ultrapassar a velocidade permitida da via em até 20% gera uma infração média e multa de R$130,16 além de 4 pontos na CNH.

Se o condutor ultrapassou o limite de velocidade em mais de 20% e menos de 50%, cometerá uma infração grave, recebendo uma multa de R$195,23 e cinco pontos acrescentados em sua carteira de habilitação.

Mas se o condutor exceder o limite de velocidade em mais de 50%, terá cometido uma infração gravíssima e será punido com uma multa de R$293,33 multiplicada por três devido ao seu agravante.

Em resumo, terá de desembolsar o valor de R$880,00 para arcar com essa multa.

A legislação de trânsito vê essa conduta com maus olhos e também classifica como uma infração autossuspensiva, proibindo o condutor de dirigir por um período determinando, além de obrigá-lo a realizar um curso de reciclagem no Detran.

Qual a tolerância dos radares?

Para responder essa questão, preparamos um vídeo bem didático:

Conclusão

Espero ter ajudado na sua compreensão sobre os limites de velocidades estipulados nas vias, bem como as punições aplicadas as condutores infratores.

Mas saiba que se você foi multado e sente que é uma punição injusta, pode recorrer com a ajuda de nossos especialistas!

source https://doutormultas.com.br/limite-de-velocidade-nas-rodovias/

from Blogger https://ift.tt/3rBgcKx
via IFTTT

Publicidade

Publicado por Antônio Cunha Lima

Olá, meu nome é Antônio Cunha Lima, tenho 47 anos e sou de Contagem, Minas Gerais. Sempre procuro aprender coisas novas para manter meu cargo protegido e dirigir tranquilo com minha família.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: