Crie um site como este com o WordPress.com
Comece agora

Leilão: Buick pensou em um hatch popular nos anos 2000

O nome Buick sempre foi associado com luxo e glamour, num dos melhores exemplos da cultura e da riqueza americana, contudo, já se sabe, é claro, que fora dos states, o nome foi desgraçadamente usado em carros populares, como o Buick Sail.

Muitos dos leitores já andaram ou tiveram na garagem esse “Buick”, mas com gravata dourada. Ainda assim, olhando para um mercado chinês que, à época, nem era comparável ao Brasil, podemos dar algum crédito.

No entanto, dentro do CONUS, a Buick pensou seriamente em fazer algo próximo de um Sail e ainda por cima numa carroceria hatchback. Se imaginamos que alguns executivos da GM estranhamente consideraram colocá-lo no mercado americano, nós estamos enganados.

O carro em questão – um protótipo de hatchback com carroceria volumosa, que parece um concorrente do Dodge Caliber (o mais crossover dos hatchbacks) e ainda com cara de Audi A2 – foi construído em 2002 com outros dois similares, ambos com logotipo da Chevrolet, segundo investigação.

Não se sabe exatamente como ele foi parar em mãos particulares, haja visto que os dois “Chevy’s” foram devidamente destruídos. Ao que parece, a ideia da Buick era desenvolver o carro para os mercados chinês e/ou russo, ou quem sabe até para uma ação ousada no México.

Em cor bege e com carroceria de estilo único, que não lembra em nada qualquer Chevrolet ou Buick da época, o estranho hatch parece até feito de fibra de vidro e, se fosse uma evolução de produto da Gurgel, caso não tivesse falido nos anos 90, acreditaríamos.

O baixo custo nele é perceptível, especialmente no interior, onde o painel tem até alto-falantes embutidos, assim como um slot para o rádio 1din e um cluster extremamente simples em km/h…

Só isso já indica que o projeto da Buick era para fora e as chances de ser um chinês ou russo, só aumentam. Já o volante é um velho conhecido de muitos leitores…

Nas portas, enormes alças funcionam como puxadores e apoios de braço, com as janelas traseiras com vidros basculantes. O espaço interno é bom e seu porta-malas também.

No caso do motor, a informação é que se trata de um 1.5 litro de “origem desconhecida”. O câmbio tem cinco marchas.

O site americano GM Authority suspeita ser um projeto malfadado de Fiat-GM, porém, a italiana nunca teve um Fire 1.5 e este motor está longe de ser um Fiasa, deposto na década anterior.

Mesmo as Famílias 0 e 1 da GM não tiveram 1.5 litro, mas no universo da SAIC-GM, o Daewoo S-TEC III teve dois 1.5, porém, a partir de 2014…

Seja como for, o carro tem 239 km rodados e dispõe de ar condicionado, mas não foi homologado para rodar nos EUA. O leilão ocorrerá entre 13 e 15 de outubro na Mecum Auctions.

Finalmente, o mistério em torno desse estranho Buick persiste e só eleva o valor da especulação.

Afinal, qual seria o destino dele, se GM não tivesse desistido do projeto? Não vale dizer que seria o Brasil… Efetuem seus lances!

Buick Hatchback Prototype – Galeria de fotos

[Fonte: Mecum via GM Authority]

Via Notícias Automotivas https://ift.tt/1k8SjFm

from Blogger https://ift.tt/qLncXKG
via IFTTT

Publicidade

Publicado por Antônio Cunha Lima

Olá, meu nome é Antônio Cunha Lima, tenho 47 anos e sou de Contagem, Minas Gerais. Sempre procuro aprender coisas novas para manter meu cargo protegido e dirigir tranquilo com minha família.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: