Crie um site como este com o WordPress.com
Comece agora

Sevel: Stellantis celebra 7 mi de comerciais na Itália

Atessa fica na Itália e lá fica a maior fábrica de veículos comerciais da Europa, algo como uma Betim só para vans e furgões, sendo uma instalação com nome bem conhecido, especialmente dos argentinos, Sevel.

Muito antes de se quer Paris ou Turim pensarem em uma Stellantis, há 40 anos a Sevel já unia Fiat, Peugeot e Citroën na mesma casa, pelo menos, na mesma joint venture.

Como a Stellantis mesmo diz, é a “casa” atual dos modelos Fiat Professional Ducato, Citroën Jumper, Peugeot Boxer e Opel/Vauxhall Movano.

Agora, ela contabiliza 7 milhões de vans e furgões fabricados no velho continente a partir de Atessa, gerando assim uma liderança incontestável no mercado de comerciais leves na Europa.

Tanto é que, quanto a Comissão Europeia viu a fusão de Fiat Chrysler com PSA, apontou o dedo para a Sevel como medida antitruste.

Sem isso, a Stellantis dominaria o mercado europeu e sufocaria a concorrência, tendo assim feito a saída da Toyota da parceria com a PSA para que a fusão fosse aprovada por Bruxelas.

Ainda assim, a japonesa voltou recentemente e receberá pacotes de bateria e motor elétrico da Stellantis para seu veículo comercial na Europa.

Uwe Hochgeschurtz, COO da Stellantis para a Europa Ampliada, diz: “A equipe da Sevel está contribuindo diariamente para nos ajudar a alcançar nossa meta de ser o líder consolidado em participação de mercado no segmento de veículos comerciais”.

O executivo completa: “A fábrica tem uma longa história na produção dos veículos que nossos clientes profissionais desejam e precisam, e continuará desempenhando um papel fundamental para atingir o mix de veículos elétricos a bateria (1) de 40% nas vendas em 2030. Parabéns a toda a equipe pela conquista de hoje.”

Criada em 1978, a Sevel (Società Europea Veicoli Leggeri e Société Européenne de Véhicules Légers) teve duas operações, sendo elas a Sevel Nord em Valenciennes, França, para vans compactas e médias.

Já a Sevel Sud tinha plantas em Atessa e Campania, ambas na Itália, para produção de vans e furgões grandes. A segunda é conhecida como Pomigliano e chegou a fazer a van Alfa Romeo AR6, mas a produção local acabou em 1994.

Entre 1981 e 1999, a Sevel Argentina era baseada em El Palomar e chegou a fazer modelos da Chevrolet, além de enviar motores para o Brasil (Fiat).

Via Notícias Automotivas https://ift.tt/eWQL398

from Blogger https://ift.tt/fLI4sw9
via IFTTT

Publicidade

Publicado por Antônio Cunha Lima

Olá, meu nome é Antônio Cunha Lima, tenho 47 anos e sou de Contagem, Minas Gerais. Sempre procuro aprender coisas novas para manter meu cargo protegido e dirigir tranquilo com minha família.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: