Crie um site como este com o WordPress.com
Comece agora

BMW X1 2020: modelo recebeu visual atualizado

O BMW X1 2020 é o primeiro ano/modelo do SUV médio da marca de luxo alemã, que chegou ao Brasil em três versões e com produção garantida pela fábrica no país.

O X1 nacional é um produto altamente valorizado que tem em sua segunda geração, um modelo apreciável pelo conforto, luxo, desempenho e sofisticação.

Um dos players mais fortes do mercado automotivo nacional, o X1 é um SUV premium que se tornou bem popular no país e sua reputação espelha os valores que a marca propõe no segmento.

Feito em Araquari-SC, cidade vizinha de Joinville, o BMW X1 2020 foi um produto oferecido nas versões sDrive20i GP, sDrive20i X Line e xDrive25i Sport.

Equipado com o moderno e potente motor B48 2.0 TwinPower Turbo, o mesmo do BMW 320i, o X1 é devidamente um carro flex de luxo no mercado nacional, atendendo aos desejos dos consumidores.

BMW X1 2020 – novidades

Com atualização visual como principal novidade, o BMW X1 2020 trouxe um design diferenciado para os faróis duplos full LED, bem como faróis de neblina em LED atualizados.

O X1 2020 recebeu ainda novas rodas de liga leve aros 18 e 19 polegadas, respectivamente nas versões sDrive20i e xDrive25i.

Por dentro, outra novidade foi a multimídia BMW ConnectedDrive com tela de 10,25 polegadas nas versões sDrive25i X Line e xDrive25i Sport.

A versão de entrada sDrive20i GP manteve a tela anterior de 8,8 polegadas, sendo ambas sensíveis ao toque e com projeção para Apple CarPlay.

Na época, o BMW X1 2020 era oferecido com preço sugerido de R$ 189.950 na versão sDrive20i GP, R$ 209.950 na sDrive20i X Line e R$ 235.950 na xDrive25i Sport.

Com 4,439 m de comprimento, 1,821 m de largura, 1,598 m de altura e 2,670 m de entre eixos, o BMW X1 2020 pesa 1.485 kg nas versões de tração dianteira e 1.540 kg com tração integral sob demanda.

Esta última é parte da versão xDrive25i Sport, com sistema de acoplamento multidisco viscoso para acoplar o eixo cardã da caixa de transferência frontal para o diferencial traseiro.

Nesse caso, a tração às rodas traseiras é transmitida por dois semieixos ligados por braços múltiplos no conjunto de suspensão traseira.

O BMW X1 2020 é equipado com motor B48 2.0 TwinPower Turbo Flex, que entrega 192 cavalos nas versões sDrive20i GP e sDrive20i X Line, além de 231 cavalos na xDrive25i Sport, ambos a 5.000 rpm.

Já os torques são de 28,5 kgfm no primeiro e 35,7 kgfm no segundo, sendo ambos a somente 1.250 rpm.

Potência e torque não se alteram com gasolina ou etanol, sendo assim os mesmos números nos dois combustíveis.

O que muda mesmo é o consumo real, porém, mais por conta do peso da versão xDrive25i Sport, com tração integral sob demanda, que transfere automaticamente a força das rodas dianteiras para as traseiras, segundo as condições de rodagem.

A transmissão é a Steptronic, nome para a caixa automática de oito marchas da japonesa Aisin, cujas trocas manuais de marcha podem ser feitas na alavanca ou nos paddle shifts do volante.

O BMW X1 2020 tem com esse conjunto, um excelente desempenho, indo de 0 a 100 km/h em 7,7 segundos nas versões de tração dianteira e 6,5 segundos com tração integral, lembrando da diferença de potência e torque.

A máxima é de 225 km/h no primeiro caso e 235 km/h no segundo caso.

Volumoso, o BMW X1 tem 505 litros no porta-malas, que pode ser ampliado para 1.550 litros.

Moderno, o X1 tem espaço para cinco pessoas e diversas tecnologias, tais como o Driving Experience Control com os modos de condução Comfort, Eco-Pro e Sport, além de dispor de Start&Stop, que não funciona com etanol.

Feito sobre a plataforma UKL da BMW, o modelo compartilha a base com o MINI Coutryman, assim como com o BMW Série 2 Active e o BMW X2.

Outro irmão do X1 é o BMW Série 1, tanto nas versões hatch quanto sedã, este com produção na China.

Tendo elementos premium, como os faróis full LED, a grade de duplo rim e as lanternas em LED bem desenhadas, o X1 chama atenção pela boa área envidraçada e também por um cluster analógico com visual que remete aos anos 70.

Por ter uma plataforma de tração dianteira, que nesse caso coloca motor e câmbio em transversal, o túnel do interior é mais baixo e causa estranheza por sua alavanca de câmbio mais alta que o normal.

Fiel à escola Bauhaus, o X1 mantém ainda uma infinidade de botões e comandos físicos, inclusive o botão giratório para navegação na multimídia, sendo um item praticamente desnecessário com a tela touchscreen.

Há também certo conservadorismo no estilo do volante das versões sDrive20i, com um visual mais luxuoso e esportivo na xDrive25i, ainda que a iluminação interna em LED tenha configuração com seis cores: branco, laranja, bronze, lilás, verde e azul.

A instrumentação nostálgica, com econômetro e tamanho bem compacto, lembra até carros da Volkswagen dos anos 70, como o VW Passat.

Tecnologias como o BMW Service tornam o X1 diferenciado, assim como assistentes para estacionamento e condução, pneus run flat, rodas aros 18 ou 19 polegadas, teto solar panorâmico, HUD e outros dispositivos, que o deixam mais atraente.

O BMW X1 2020, nas versões sDrive20i GP, sDrive20i X Line e xDrive25i Sport, foram disponibilizadas com quatro opções de cores externas, sendo a sólida Branco Alpino e as metálicas Preto Safira, Prata Glacier e Cinza Mineral.

Nas versões sDrive20i GP e sDrive20i X Line, o interior é revestido com tecido Sensatec, com combinações em preto ou Oyster com preto.

Já na versão topo de linha xDrive25i Sport, o revestimento é de couro Dakota, em preto, Mocha com preto e Oyster com preto.

BMW X1 2020 – detalhes

O BMW X1 2020 tem faróis duplos de LED com luzes diurnas em LED, além de grade de duplo rim cromada, mas com grelha de elementos verticais.

Molduras laterais envolventes têm entradas de ar e faróis de neblina em LED, além de apliques cromados.

Nas laterais, os retrovisores possuem repetidores de direção em LED, bem como rodas de liga leve aros 18 ou 19 polegadas, enquanto as lanternas são em LED.

Por dentro, o painel tem cluster analógico compacto, com a multimídia ao centro tendo telas de 8,8 ou 10,25 polegadas, mais navegador GPS, CarPlay, câmera de ré, serviços remotos da BMW, entre outros.

Os bancos em tecido possuem ajustes elétricos e memória na frente, enquanto o teto solar é panorâmico. O porta-malas tem 505 litros, mas pode levar até 1.550 litros com o rebatimento do banco traseiro.

BMW X1 2020 – versões

  • BMW X1 sDrive20i GP
  • BMW X1 sDrive20i X-Line
  • BMW X1 xDrive25i Sport

BMW X1 2020 – equipamentos

BMW X1 sDrive20i GP – Motor 2.0 de 192 cavalos e câmbio automático de oito marchas, mais rodas de liga leve aro 18 polegadas, pneus 225/45 R18, faróis com tecnologia LED, ar-condicionado automático digital, direção elétrica Servotronic e volante multifuncional em couro.

Parking Assistant, câmeras de ré, sensores de estacionamento dianteiro e traseiro, Start&Stop, redes para compartimentos atrás dos bancos dianteiros, USB, Bluetooth, auxiliar e pacote de luzes internas em LED.

Apoio de braço dianteiro, porta copos e porta objetos centrais, tomada 12V, pacote interno de conveniência com dupla entrada de no console central, vidros climatizados, vidro traseiro térmico, para-brisa degradê, limpador e lavador do vidro traseiro e alarme.

Multimídia BMW ConnectedDrive com tela de 8,8 polegadas sensível ao toque, paddle shifts, alerta do Teleservices, Chamada de Emergência Inteligente, Concierge BMW, projeção para Apple Car Play, SIM Card e sensores de estacionamento dianteiro e traseiro.

Controle de cruzeiro, sensor de chuva, sensor crepuscular, retrovisor interno dia e noite, para-sois com espelhos iluminados, alças no teto, luzes de leitura em LED, rack no teto, pneus Run Flat, calibrador, reparador de pneus e lanternas em LED.

Entrada presencial Comfort Access, botão de partida, airbags frontais, airbags laterais, airbags de cortina, controle de tração, controle de estabilidade, assistente de partida em rampa, diferencial com bloqueio eletrônico, freios a disco nas quatro rodas e freios com ABS e EDB.

Cintos de segurança de três pontos, apoios de cabeça, banco traseiro bipartido, Isofix, Top Tether, bancos em tecido premium, cobertura da tampa do bagageiro, saídas de ar no banco traseiro, porta-copos com cobertura e porta-luvas iluminado e resfriado.

Vidros elétricos com one touch, travamento central elétrico com controle remoto, retrovisores com ajustes elétricos e desembaçador, econômetro, computador de bordo, travas de segurança nas portas traseira e bloqueio eletrônico dos vidros dos passageiros.

BMW X1 sDrive20i X-Line – Itens acima, mais Sistema de Navegação Plus, teto solar panorâmico, bancos dianteiros esportivos com regulagem elétrica e memória e Head-up Display.

BMW X1 xDrive25i Sport – Itens acima, mais motor 2.0 de 231 cavalos e tração integral sob demanda, mais pacote visual esportivo, sistema de áudio Hi-Fi e rodas de liga-leve de 19 polegadas com pneus 225/45 R19.

BMW X1 2020 – preços

  • BMW X1 sDrive20i GP – R$ 207.083
  • BMW X1 sDrive20i X-Line – R$ 236.665
  • BMW X1 xDrive25i Sport – R$ 252.032

(*) Preços da tabela Fipe – outubro/2022.

BMW X1 2020 – motor

O motor do BMW X1 2020 é o B48, que faz parte de uma família de propulsores da BMW, construídos recentemente, com arquitetura modular e construção em alumínio.

Nessa família B, a BMW tem ainda o B38, que tem versões 1.2 e 1.5 litro, sendo essa última com presença ainda no mercado brasileiro, além do B58, o seis em linha 3.0 litros da marca alemã.

Os equivalentes B37 e B47 são os motores mencionados movidos por óleo diesel, sendo que o B48 surgiu em 2014 com sua família, que substituiu o N20.

Tendo turbocompressor TwinScroll e injeção direta de combustível flex, o B48 tem 1.998 cm³ de volume com duplo comando de válvulas com as tecnologias Vanos e Valvematic, além de 16 válvulas acionadas por corrente de comando.

Com essa arquitetura, o propulsor 2.0 TwinPower Turbo (veja a diferença entre turbo e supercharger) tem taxa de compressão de 11:1, entregando 192 cavalos e 28,5 kgfm, respectivamente a 5.000 rpm e 1.250 rpm.

Esses números se elevam na versão xDrive25i Sport, que entrega 231 cavalos e 35,7 kgfm, igualmente nas mesmas rotações e, assim como a versão acima, ambos com gasolina e etanol.

A transmissão automática de oito marchas Steptronic é fabricada pela Aisin e tem conversor de torque, além de modo Sport e mudanças manuais na alavanca ou paddle shifts.

Na versão xDrive25i, a tração é integral sob demanda, com parte da tração dianteira sendo enviada para as rodas traseiras em pisos de baixa aderência ou sob condução esportiva, dependendo do modo.

BMW X1 2020 – desempenho

  • BMW X1 sDrive20i – 7,7 segundos e 225 km/h
  • BMW X1 xDrive25i – 6,5 segundos e 235 km/h

BMW X1 2020 – consumo

  • BMW X1 sDrive20i – 6,9/8,4 km/l e 10,0/12,1 km/l
  • BMW X1 xDrive25i – 6,6/8,1 km/l e 9,4/11,4 km/l

BMW X1 2020 – manutenção e revisão

O BMW X1 2020 chegou ao mercado com o BMW Service Inclusive (BSI), sendo esse um serviço de manutenção por tempo de 3 anos ou 40 mil quilômetros, o que acontecer primeiro, sem custos extras ao cliente.

Nas revisões da BMW, o X1 é recomendado remotamente pelo BMW Service para fazer a revisão, independentemente da quilometragem, sendo verificados remotamente os itens que precisam ser trocados.

Assim, o X1 pode ir antes ou depois de 10.000 km, ou 12 meses, sendo o SUV inspecionado completamente, com ênfase em itens de segurança, suspensão, direção, freios, motor, câmbio e sistemas eletrônicos.

Após a inspeção, são feitas as trocas indicadas pelo sistema remoto, podendo ser trocados óleo do motor, filtro de óleo, filtro de ar, filtro de combustível, filtro do ar condicionado, velas, fluido de freio e palhetas do limpador.

Nos serviços de itens de desgaste natural, podem ser trocados pneus, molas, amortecedores, coxins de motor e câmbio, buchas de balança, pivôs de direção, bieletas, batentes das torres, pastilhas de freio, discos de freio, entre outros.

Na rede BMW, existem outros serviços, como funilaria, pintura, alinhamento, balanceamento, calibragem de pneu por hidrogênio, cambagem, recall, instalação de acessórios, limpeza oxi-sanitária, conservação do couro, entre outros.

BMW X1 2020 – ficha técnica

Motor sDrive20i xDrive25i
Tipo
Número de cilindros 4 em linha 4 em linha
Cilindrada em cm3 1998 1998
Válvulas 4 4
Taxa de compressão 11:1 11:1
Injeção eletrônica Direta, turbo Direta, turbo
Potência máxima 192 cv a 5.000 rpm (gasolina/etanol) 231 cv a 5.000 rpm (gasolina/etanol)
Torque máximo 28,5 kgfm a 1.250 rpm (gasolina/etanol) 35,7 kgfm a 1.250 rpm (gasolina/etanol)
Transmissão
Tipo Automática de 8 marchas Automática de 8 marchas
Tração
Tipo Dianteira Integral
Direção
Tipo Elétrica Elétrica
Freios
Tipo Discos dianteiros e traseiros Discos dianteiros e traseiros
Suspensão
Dianteira McPherson McPherson
Traseira Multilink Multilink
Rodas e Pneus
Rodas Liga leve aro 18 polegadas Liga leve aro 19 polegadas
Pneus 225/50 R18 225/45 R19
Dimensões
Comprimento (mm) 4.439 4.439
Largura (mm) 1.821 1.821
Altura (mm) 1.598 1.598
Entre eixos (mm) 2.670 2.670
Capacidades
Porta-malas (L) 505 505
Tanque de combustível (L) 61 61
Carga (Kg) 590 600
Peso em ordem de marcha (Kg) 1.485 1.540
Coeficiente aerodinâmico (cx) 0,30 0,30

BMW X1 2020 – fotos

Via Notícias Automotivas https://ift.tt/GYcaLqA

source https://antoniocunhalima.blogspot.com/2022/11/bmw-x1-2020-modelo-recebeu-visual.html

Publicado por Antônio Cunha Lima

Olá, meu nome é Antônio Cunha Lima, tenho 47 anos e sou de Contagem, Minas Gerais. Sempre procuro aprender coisas novas para manter meu cargo protegido e dirigir tranquilo com minha família.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: